Objectivo: Verificação da relação entre o alcance e o ângulo de lançamento

 

Os alunos de Física das turmas B e C do 12º ano (2009/2010) pretendiam verificar qual a relação entre o alcance e o ângulo de lançamento de um projéctil lançado obliquamente. Para isso, dispunham do seguinte material:

– Lançador de projéctil PASCO Model ME-6800, 6801 com transferidor incorporado

– Esfera

– Fita métrica

 

O procedimento experimental adoptado foi o seguinte:

-mediram a altura de lançamento e a altura de queda, fazendo as correcções necessárias para as igualar.

-colocaram o lançador de projéctil no ângulo a estudar

-inseriu-se o projéctil na boca do lançador

-calca-se o projéctil para a posição de lançamento apropriada

-puxa-se o gatilho (alavanca de lançamento)

-regista-se a distância percorrida pelo projéctil

                         -repetem-se os passos iniciais para os seguintes ângulos: 15º, 30º, 45º, 60º, 75º e 90º

 

Obtiveram os seguinte resultados:

Alcance x  (m) Ângulo Lançamento α  (º)
2,34 15
3,83 30
4,20 45
3,82 60
2,20 75
0 90
 

_________________________________________________________________

Desafio de Física: “Qual o ângulo de lançamento para que a bola entre no cesto?”

foto6 (G_desafioFISICA)   No dia da Escola (4 de Maio 2009) lançámos um desafio: os visitantes tinham que lançar uma bola com um lançador de projécteis de modo a acertar num “cesto de basquete”.

  Enquanto que o “cesto de basquete” foi construído pelos alunos no laboratório, os restantes equipamento utilizados (lançador de projécteis, sensor fotoporta e um tapete de tempo de voo), foram adquiridos com o financiamento do Projecto “F2-Física ao Quadrado” no âmbito do Programa Ciência Viva VI.

À saída do lançador de projécteis foi colocado o sensor fotoporta e, na base do cesto, o tapete de tempo de voo que por sua vez se encontravam ligados a um computador. Havia, assim, a possibilidade de se verificar velocidades inicial e final do lançamento (valores e/ou gráficos v=f(t)).  foto3 (G_desafioFISICA)

A actividade foi dinamizada e apresentada aos visitantes pelos alunos Daniel Costa (11º B), João Pires (11º B), João Martins (11º B), Miguel Calado (11º B) e Carlos Tavares (11º B) com a orientação da professora Laila Ribeiro.

foto1 (G_desafioFISICA)

A melhor pontuação correspondia ao menor número de tentativas para acertar no cesto. Deste modo, para minimizar o número de tentativas, cada participante ajustava a inclinação do lançador de projécteis para adoptar o melhor ângulo de lançamento.

Foram vários os visitantes interessados em participar no desafio encontrando-se os resultados na tabela. A maioria dos participantes não acertou com a bola no cesto mas todos se divertiram a tentar.

Lista ordenada dos melhores resultados obtidos pelos participantes:

Participantes Nº de tentativas
Nome Turma
Vanessa Luís 11ºH 1
Ana Rita Mota 11ºB 1
Tiago Viegas 10ºC 1
Marina Reis 11ºB 2
Isa Silveira   2
Micael Gomes 11ºA 3
Omayra Massinga 11ºA 3
Nuno Martinho 11ºA 3
Ruben Mateiro 11ºA 3
Cátia Rodrigues 11ºA 3
Filipe Araújo 11ºA 5
Fábio Barreira 10ºE 5
Jorge Vaz 10ºE 5
Fábio Costa 11ºB 5
Rafael Peixinho 11ºB 5
João Toco 11ºA 5
Francisco Relvas 11ºB 5
Professora Laila Ribeiro