Funcionamento do LASER

O termo “LASER” significa Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, (em Português: Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação) e foi criado a partir de ideias e teorias de cientistas do séc. XX, começando por Albert Einstein em 1916, que criou os fundamentos do LASER a partir da lei da radiação de Max Planck, sendo depois esquecida até ao final da 2ª Guerra Mundial. O LASER só foi apresentado ao público em 1960 por Charles Hard Townes.

O LASER é basicamente a emissão de radiação electromagnética que pode ser manipulada por lentes, formando um feixe de luz, visível ou não, com uma frequência definida, podendo ter só uma cor (quando visível).

Quando a tecnologia LASER foi divulgada era apenas uma solução à procura de um problema e desde então tem vindo a ter utilidade em milhares de aplicações diferentes do nosso dia-a-dia, por exemplo: na electrónica, nas tecnologias de informação, na ciência, na medicina, na indústria, nas forças armadas, no entretenimento e até na polícia.

O LASER é usado em leitores de códigos de barras, em leitores de CD, impressoras a LASER, é usado na medicina como forma de tratamento não invasivo, como cortador ou soldador na indústria, no exército é usado nas miras de armas de fogo, como defesa de mísseis e como alternativa ao radar, é usado na polícia para detecção de impressões digitais.

Gabriel, 12ºA (2010/2011)

_______________________________________________________

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s