Refracção da Luz

Quando um raio de luz, que se propaga num meio (1) e incide sobre uma superfície S de separação com um meio (2), apresenta simultaneamente os fenómenos de reflexão, refracção e absorção. Para que ocorra o fenómeno de refracção, o meio (2) deve ser transparente (vidro, água, etc.).

Desta forma, a refracção da luz, exemplifica-se da seguinte forma:

Neste esquema, podemos ver que um raio proveniente de um meio (1), com uma determinada direcção e velocidade, ao incidir numa superfície de separação com um meio (2), adquire novas características. A velocidade é inferior há do meio (1), pois este meio é mais denso. E o raio incidente sofre um pequeno desvio devido há diferença dos índices de refracção dos dois meios (1 e 2).

Este fenómeno é bastante referido, em contextos escolares. Contudo, não deixa de ter aplicações na nossa sociedade, nomeadamente nas lentes de contacto e nos óculos (3D, de sol, etc.). O fenómeno de refracção da luz, permitiu-nos desta forma, obter produtos que nos beneficiam da melhor forma possível.

 

Cláudio Ferraz /nº5 /12ºB (2010/2011)

___________________________________________________________________

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s